Polpas

Frutas nativas

As espécies frutíferas típicas desse bioma são facilmente encontradas na região de Belmonte, cultivadas por pequenos produtores da agricultura familiar e retiradas de forma extrativista, ou seja, sem causar danos ambientais, sem plantios de larga escala nem uso de defensivos agrícolas prejudiciais à saúde da população.

 

Polpas de frutas da Mata Atlântica

Abacaxi

O abacaxi é um fruto-símbolo de regiões tropicais e subtropicais, de grande aceitação em todo o mundo, quer ao natural, quer industrializado: agrada aos olhos, ao paladar e ao olfato. É rico em nutrição e com baixa caloria, sendo uma excelente fonte de carboidratos e fibras alimentares. Além disso, O Abacaxi contém uma grande quantidade de vitaminas e minerais, tais como a Vitamina A, Vitamina C, Vitamina B, Zinco, Magnésio, Fósforo, Cálcio, Ferro e sódio.

Acerola

Fruta nativa de toda a América, é muito conhecida por causa do seu grande teor de ácido ascórbico, ou seja, vitamina C. Possui flavonoides, vitaminas A, B1 e B6 e minerais como fósforo, ferro, potássio, magnésio e cálcio. Outro famoso componente da acerola é o carotenoide, substância responsável pela cor vermelha da fruta, e mais, considerada antioxidante, o que indica que auxilia na prevenção do envelhecimento precoce das células.

Açaí

A polpa do açaí é um ótimo energético, sendo que cada 100 gramas possui 250 calorias. O açaí é uma fruta rica em proteínas, fibras e lipídios. Encontramos nesta fruta as seguintes vitaminas: vitaminas C, B1 e B2. O açaí também possui uma boa quantidade de fósforo, ferro e cálcio.

Cacau

A polpa dessa fruta contém fibras, glicose, frutose e sacarose que são potencialmente energéticos, além de inúmeras vitaminas como as do complexo B (B1, B2) e niacina que agem na tonicidade muscular, no sangue e nos nervos. Contém Vitamina C que fortalece o sistema imunológico e sais minerais como ferro, fósforo, cálcio que ajudam na saúde dos ossos, dentes e funcionamento do cérebro. A vitamina A presente neste alimento atua na saúde da pele e olhos, além de possuir proteínas, carboidratos, pouca gordura e pectina. As fibras colaboram com o funcionamento do intestino evitando a prisão de ventre além de controlar a absorção de gordura e açucares. Possui também um composto antioxidante, a epicatequina que protege o coração, previne câncer e auxilia nos casos de depressão.

Cajá

Pequena fruta comum na região nordeste, especialmente no sul da Bahia, apresenta vários benefícios para nossa saúde, dentre elas o auxílio à prevenção da osteoporose, constipação e fadiga, além de aumentar as defesas do organismo e o poder de imunidade. Ela contém tem altos níveis de cálcio, magnésio, potássio, ferro e é rica em vitaminas B e C, além de uma grande quantidade de carotenóides.

Caju

Seu cultivo é muito comum no nordeste brasileiro. É rico em vitamina C (cinco vezes mais rica do que a laranja) e ferro, ajudando a proteger as células do sistema imunológico contra os danos dos radicais livres. Possui também licopeno e betacaroteno, havendo estudos do uso no tratamento de alguns tipos de câncer. A polpa é também recomendada no tratamento de reumatismos e problemas de pele, agindo como depurativo e tônico.

Cupuaçu

Típica da região norte, o cupuaçueiro é também cultivada no nordeste do Brasil. A fruta contém polifenóis únicos, poderosos fito-nutrientes antioxidantes, além de outros nove poderosos antioxidantes como as Vitamina A e Vitamina C, ácidos gordos essenciais, aminoácidos, fósforo, fibra e as Vitamina B1, Vitamina B2 e Vitamina B3. Auxilia na redução do mau colesterol e fortalece o sistema cardiovascular.

Goiaba

Fruta tropical muito comum, a goiaba contém a maior fonte de Vitamina C (3 vezes mais do que o requisito diário). Por isso, aumenta significativamente a função do sistema imunológico contra doenças como a tosse, o resfriado e gripe, além das infecções. Além disso, a goiaba é um importante alimento antioxidante.

Graviola

Fruta de baixa caloria, rica em carboidratos e fibras alimentares, vitaminas B e C, fonte de minerais como magnésio, cálcio, potássio, fósforo e sódio. Há estudos que comprovam que ela impede o desenvolvimento de células cancerígenas. Ajuda na redução de ansiedade e depressão, além de diminuir infecções no trato urinário, artrites e inchaços por conter propriedades anti-inflamatórias. Uma das frutas com mais propriedades terapêuticas existentes.

Jenipapo

Encontrado na mata atlântica, especialmente nas matas mais úmidas e próximo aos rios, a fruta do jenipapeiro possui as vitaminas B1, B2, B5 e C, minerais, cálcio e ferro (um único fruto pode suprir nossas necessidades diárias). O consumo do jenipapo é ótimo no combate à asma e contra vômitos durante a gravidez, chegando mesmo a eliminá-los. Auxilia na prevenção da anemia.

Maracujá

Fruto de uma planta medicinal chamada Passiflora alata, sendo comprovadamente útil para tratar a irritabilidade, ansiedade, insônia, taquicardia, vertigens, hipertensão arterial, palpitações, nevralgias, asma, dispepsia nervosa, cólicas intestinais, dismenorreias espasmódicas e perturbações nervosas da menopausa. Além disso, também é ótimo para aliviar dores de cabeça, enxaqueca e dores musculares.

Manga

Contém uma série de fitoquímicos e nutrientes e é uma rica fonte de carboidratos e fibras, além de antioxidantes e vitaminas, tais como Vitamina A, vitamina B, Vitamina C, Vitamina E e Vitamina K. Também é uma boa fonte de vários minerais como Cálcio, Zinco, Potássio, Ferro, Magnésio e Potássio. Dessa forma, a fruta se mostrou eficaz na prevenção de alguns tipos de câncer, além de diminuir o colesterol ruim e facilitar a digestão graças às suas fibras.

Mangaba

Nativa de regiões tropicais brasileiras, a mangaba é uma excelente fonte de Ferro, Cálcio, Fosforo, fibras além das Vitamina A, Vitamina B1, Vitamina B2 eVitamina C. É indicada para tratar diabetes, colesterol, hipertensão, tuberculose e úlceras, além de problemas renais e no fígado.

Morango

O morango é uma fruta que agrada não só pelo seu aspecto, mas, também, pelo seu sabor inconfundível.O morango é rico em antioxidantes, que protegem o coração e previnem contra o câncer. A vitamina C, que está presente nesta fruta de forma significativa, é um bom exemplo. Ela também auxilia na cicatrização, além de aumentar a absorção do ferro e a resistência aos processos infecciosos.

Seriguela

A seriguela é uma fruta de sabor doce azedo. Seus valores nutricionais envolvem, a cada 100 gramas de ciriguela, 78,7% de água, 76 kilocalorias, 1,4 gramas de proteínas, 18,9 gramas de carboidratos, 3,9 gramas de fibra alimentar, 0,4 gramas de lipídeos, 27 miligramas de cálcio, 49 miligramas de fósforo, 0,4 miligramas de ferro, além das vitaminas e outros compostos.

Tamarindo

Apresenta um significativo nível de vitamina C, bem como a vitamina E, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro, fósforo, potássio, manganês e fibra dietética. Há também um certo número de compostos orgânicos que fazem do tamarindo um poderoso antioxidante e um agente anti-inflamatório.

Umbu

Fruto de regiões mais secas, possui vitaminas B e C, cálcio, fósforo e ferro, além de riboflavina, sendo indicado para desnutrição e eliminação de toxinas. Os frutos possuem também polifenóis que ajudam a combater radicais livres e doenças cardiovasculares, prevenir a formação de tumores e retardar o envelhecimento.

Uva

A uva é uma fruta rica em sais minerais, tais como: cálcio, ferro, fósforo, magnésio, sódio e potássio. Possui também, em quantidade razoável, vitaminas (complexo B e vitamina C). Não é muito calórica, pois 100 gramas de uva possui, aproximadamente, 50 calorias. É muito utilizada para a fabricação de sucos, doces, vinhos e geléias.